Reconta Aí Atualiza Aí Podcast Podcast #EP29: “Só é possível enfrentar uma crise como essa com o SUS mais forte”, alerta Padilha

Podcast #EP29: “Só é possível enfrentar uma crise como essa com o SUS mais forte”, alerta Padilha

SUS

O Crédito ou Débito conversa com o ex-ministro da Saúde, Alexandre Padilha, sobre as medidas que precisam ser tomadas para evitar uma superlotação do SUS

O coronavírus vem se alastrando rapidamente por todo o mundo. Medidas para conter a pandemia estão sendo tomadas por diversos países desde o início. No Brasil, o governo Bolsonaro resolveu fazer piada e minimizar os efeitos da doença. Resultado: já estamos com 372 casos confirmados do novo coronavírus.

Para falar sobre a forma como o Brasil está enfrentando essa crise e quais são as principais medidas que o governo Bolsonaro deveria tomar, convidamos o deputado federal Alexandre Padilha para participar do Crédito ou Débito – o podcast do Reconta Aí.

O ex-ministro da Saúde destaca que o governo vem tendo uma postura hesitante em relação a pandemia. “O que vemos é uma falta de ação em ampliar o serviço de saúde, os leitos de UTI, colocar médicos nas unidades básicas de saúde e reforçar a rede de realização de exames do SUS [Sistema Único de Saúde]”, explica.

De acordo com Padilha, o aumento de casos da doença no Brasil está mostrando a fragilidade da falta de ação. Ele frisa que o governo deveria ter começado a tomar medidas desde janeiro, quando começaram os casos por aqui.

“O Brasil viverá um longo outono e inverno em relação a isso [coronavírus]. Em janeiro já era necessário a liberação e o descongelamento dos recursos da área da saúde. Só é possível enfrentar uma crise como essa com o SUS mais forte”, alerta Padilha.

Acompanhe o bate-papo no podcast e dê sua opinião em nossas redes sociais.

Leia também:
#RevogaoTetoJá: Especialistas dizem porque é preciso acabar com a Emenda que retirou verbas do SUS
#RevogaoTetoJá: emenda do Teto de Gastos impede ação eficiente no combate ao coronavírus e seus efeitos