Reconta Aí Atualiza Aí Funcionários da Caixa lançam carta à população

Funcionários da Caixa lançam carta à população

carta

A Federação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa Econômica Federal (Fenae) e o Comitê em Defesa da Caixa lançaram nesta sexta-feira (31) uma carta aberta à população brasileira.

No documento, entitulado O empregado da Caixa é essencial para o Brasil seguir em frente, as entidades reivindicam condições dignas de trabalho, respeito aos empregados do Banco Público e atendimento digno à população.

Ressaltando o papel que o Banco tem desempenhado no contexto da pandemia, o texto tem como pano de fundo a defesa de que a instituição permaneça 100% pública.

Leia também: “Não toque em meu companheiro”, uma história real de solidariedade

A carta é crítica à atuação do Governo Federal, tanto do ponto de vista sanitário quanto econômico.

“Esses últimos meses ficarão marcados na história pela pandemia do novo coronavírus e pela fragilidade de ações do governo federal tanto no combate à doença quanto no enfrentamento da crise econômica”, afirma a Fenae e o Comitê.

Segundo as entidades, as omissões e equívocos do governo e da direção da Caixa recaem sobre os funcionários do banco, que já atenderam mais de 120 milhões de pessoas, o que representa mais da metade da população do país.

“As agressões sofridas na ponta pelo bancário da Caixa refletem a falta de respeito da direção do banco que submete seus empregados a jornadas estafantes de atendimento, pressão, cobrança por metas absurdas e utilização de um sistema que tem aumentado o tempo de atendimento, causando transtorno à população que já não pode mais esperar”, reflete o texto.

Confira aqui a íntegra da carta aberta.