Reconta Aí Atualiza Aí Bolsonaro usa endividamento do governo para justificar valor menor para 4ª e 5ª parcelas do auxílio emergencial

Bolsonaro usa endividamento do governo para justificar valor menor para 4ª e 5ª parcelas do auxílio emergencial

Bolsonaro

Desde o início de junho, o presidente Jair Bolsonaro vem dizendo que o auxílio emergencial poderá ter duas parcelas adicionais. Mas de acordo com ele, essas parcelas não serão de R$ 600, valor que é pago hoje.

Siga a página do Reconta Aí no Instagram.
Siga a página do Reconta Aí no Facebook.
Adicione o WhatsApp do Reconta Aí para receber nossas informações.

“A ideia da equipe econômica, e minha também, é de duas parcelas de R$ 300”, revelou Bolsonaro no último dia 9.

nesta quinta-feira (18), durante a tradicional live semanal, Bolsonaro voltou a falar sobre o pagamento do auxílio emergencial. Ele reafirmou que a terceira parcela está garantida, mas não divulgou o calendário de pagamento.

Sobre a ampliação da quantidade de parcelas, o presidente usou o endividamento do governo para justificar um valor menor para elas. “Pretendemos ter a quarta e a quinta parcelas também. Alguns acham que têm que ser de seiscentos reais. Tudo bem, mas o nosso endividamento está enorme”, disse Bolsonaro.

Entretanto, o presidente comparou os valores gastos com o auxílio emergencial e o Bolsa Família. “A cada pagamento emergencial de R$ 600 ou R$ 1,2 mil, equivale – o Brasil gasta, você gasta, você que paga imposto, não sou eu, somos nós todos – aproximadamente R$ 50 bilhões por mês”.

De acordo com ele, um ano de Bolsa Família custa cerca de R$ 35 bilhões. “As 13 prestações do Bolsa Família são menores que um mês do auxílio emergencial”, acrescentou o presidente.

Bolsonaro já disse…

Na live do dia 11 de junho, Bolsonaro reforçou que iria vetar eventual decisão do Congresso Nacional de prorrogar o pagamento do auxílio emergencial. Ele se colocou contrário à manutenção do valor de R$ 600 por mais dois meses, além das três parcelas inicialmente previstas.

Leia também:
– Auxílio emergencial: Qual a diferença entre cadastro “em análise”, “em avaliação” e “cancelado”?
– Seu auxílio emergencial foi cancelado após receber a 1ª parcela? Entenda o que está acontecendo