Reconta Aí Atualiza Aí Auxílio emergencial terá mais duas parcelas de R$ 600 cada

Auxílio emergencial terá mais duas parcelas de R$ 600 cada

duas parcelas

O presidente Bolsonaro anunciou, nesta terça-feira (30), que os 64,5 milhões de brasileiros vão receber mais duas parcelas do auxílio emergencial. São pessoas desempregadas, trabalhadores informais e inscritos no Cadastro Único e Bolsa Família.

Siga a página do Reconta Aí no Instagram.
Siga a página do Reconta Aí no Facebook.
Adicione o WhatsApp do Reconta Aí para receber nossas informações.

A Lei nº 13.982/2020 criou o auxílio emergencial e definiu que seriam pagas somente três parcelas. Sofrendo pressão de todos os lados, o Governo Federal se viu obrigado prorrogar esse pagamento.

De acordo com o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, a ideia inicial era pagar mais três parcelas, sendo R$ 500, R$ 400 e R$ 300, totalizando R$ 1,2 mil. Mas no fim foi decidido que seriam somente duas parcelas com valor igual ao que já está sendo pago.

Dessa forma, os brasileiros irão receber a 4ª parcela em julho e a 5ª parcela em agosto. Para mães chefes de família, o valor chega a R$ 1.200 por parcela.

Sobre as fraudes e pessoas que recebem os R$ 600 indevidamente, o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, explicou que a Controladoria Geral da União (CGU) analisou o cadastro de 30 milhões de brasileiros.

“Encontrou 160 mil desconformidades”, afirmou Lorenzoni ao explicar que é um número muito baixo se comparado ao total de de pessoas que recebem o auxílio emergencial porque realmente precisam.

Leia também:
– Atenção! Saiu o calendário de pagamento da 3ª parcela do auxílio emergencial
– Seu auxílio emergencial foi negado? Procure a Defensoria Pública da União