Reconta Aí Atualiza Aí Auxílio emergencial: Mães adolescentes podem solicitar os R$ 600 a partir de 1º de junho

Auxílio emergencial: Mães adolescentes podem solicitar os R$ 600 a partir de 1º de junho

Mães

Sistema deve passar por atualização para que mães menores de idade possam realizar o cadastro pelo site ou aplicativo do auxílio emergencial

Siga a página do Reconta Aí no Instagram.
Siga a página do Reconta Aí no Facebook.
Adicione o WhatsApp do Reconta Aí para receber nossas informações.

Após a sanção do Projeto de Lei nº 873/2020, no dia 15 de maio, as mães adolescentes menores de 18 anos passaram a ter o direito de receber o auxílio emergencial. Apesar da lei já está em vigor, essas meninas ainda não podem solicitar o pagamento.

De acordo com a Caixa, os cadastros dessas mães pelo aplicativo ou site do auxílio emergencial só poderão ser feitos a partir do dia 1º de junho. Antes da sanção do PL, o Governo Federal explicou que seria necessária uma nova atualização do sistema para que essas adolescentes pudessem solicitar os R$ 600.

Contudo, a Lei nº 13.982/2020, que trata do auxílio emergencial, determina que a mãe solo chefe de família receberá duas cotas do auxílio, totalizando R$ 1.200. Dessa forma, a mãe adolescente que estiver na mesma situação poderá receber o mesmo valor.

Leia também:
– Acesse agora! Dataprev lança site para consulta do auxílio emergencial
– Auxílio emergencial: Como gerar o cartão de débito virtual para compras em supermercados
– Governo Federal disponibiliza canais para denúncias

Como realizar o cadastro

Passo 1: Acesse o site do auxílio emergencial (auxilio.caixa.gov.br/#/inicio), ou o aplicativo (IOS ou Android), e clique em Realize a sua solicitação.

Mães

Passo 2: Leia atentamente as condições e verifique se você se encaixa em todas elas. Em seguida, marque as caixas de seleção no final da tela e, então, clique em Tenho os requisitos, quero continuar.

Passo 3: Preencha os campos com suas informações, incluindo nome, CPF, data de nascimento e nome da mãe. Depois, marque a opção Não sou um robô e clique em Continuar.

Mães

Passo 4: Para receber o código de verificação e acessar a plataforma, preencha o número do seu celular, informe a operadora e clique em Continuar.

Passo 5: Após inserir o código de verificação, informe a sua renda mensal e a atividade que você exerce. Além disso, informe o estado e a cidade em que reside. Então, clique em Continuar.

Passo 6: Em seguida, informe quantas pessoas moram na sua residência e confirme os seus dados. Caso seja mulher e responsável pelo sustento da casa, marque a opção no final da tela. Clique em Adicionar membro da família para incluir os dados das pessoas que moram com você.

Passo 7: Informe o grau de parentesco do membro a ser adicionado, bem como o CPF e a data de nascimento. Caso precise registrar outra pessoa, basta selecionar Adicione membro da família novamente. Quando terminar, clique em Continuar.

Passo 8: Confira se todos os dados preenchidos estão corretos e, então, clique em Concluir sua solicitação.