Reconta Aí Atualiza Aí Auxílio emergencial: Ainda é possível contestar o resultado da análise do cadastro?

Auxílio emergencial: Ainda é possível contestar o resultado da análise do cadastro?

O aplicativo ou site do auxílio emergencial não aceita mais novos cadastros desde a noite desta quinta-feira (2). Mas como ficam os pedidos que ainda estão em análise? Neste caso, nada muda.

– Siga a página do Reconta Aí no Instagram (clicando aqui).
– Siga a página do Reconta Aí no Facebook (clicando aqui).
– Adicione o WhatsApp (61) 9.9977-9527 do Reconta Aí para receber nossas informações (clicando aqui).

De acordo com o Ministério da Cidadania, o sistema continua disponível para acompanhamento do resultado da análise. Caso a solicitação seja negada, o cidadão poderá contestar o resultado ou realizar uma nova solicitação.

Somente alguns motivos podem ser contestados. São eles:

– Ter emprego formal;
– Óbito de membro da família;
– Recebe algum benefício (Seguro-Desemprego, Seguro Defeso ou INSS);
– Tem renda familiar mensal superior a 3 salários mínimos ou meio salário mínimo por pessoa.

Sobre os novos cadastros, a Caixa explicou que todos os pedidos serão enviados para análise pela Dataprev. De acordo com o Banco Público, se o cidadão for considerado elegível para receber os R$ 600, ele receberá todas as parcelas previstas na legislação conforme calendário a ser divulgado.

Leia também:
Caixa Tem: O perrengue diário dos brasileiros
– Seu auxílio emergencial foi negado? Procure a Defensoria Pública da União
– Seu auxílio emergencial foi cancelado após receber a 1ª parcela? Entenda o que está acontecendo

Como contestar o resultado?

1: Acesse o site ou aplicativo do auxílio emergencial e selecione a opção Acompanhe a sua solicitação. Na tela em que aparece a informação de que o auxílio emergencial foi negado e o motivo, irá aparecer Realizar nova solicitação e Contestar essa informação.

Caso você tenha preenchido alguma informação errada quando realizou o cadastro, você deverá clicar na primeira opção (pule para o passo a passo logo mais abaixo).

Mas se você tem certeza de que informou os dados corretamente e não concorda com o motivo pelo qual o seu auxílio foi negado, clique em Contestar essa informação.

2: Irá aparecer um quadro perguntando se você realmente quer contestar o motivo de não aprovação do auxílio emergencial. Então clique em Continuar.

3: Em seguida, clique em Continuar, afirmando que o motivo apresentado não corresponde a sua situação atual.

4: Assinale os dois quadradinhos com informações onde você se declara ciente do que está informando e clique em Continuar.

5: Pronto, sua contestação foi enviada para análise da Dataprev. Agora é só ficar de olho no resultado. Para saber como acompanhar o resultado, clique aqui.

Como refazer o cadastro?

1: Acesse o site ou aplicativo do auxílio emergencial e selecione a opção Acompanhe a sua solicitação. O resultado da sua solicitação poderá ser Dados inconclusivos ou Auxílio Emergencial não aprovado. Em ambos os casos você poderá clicar em Realizar nova solicitação.

2: Preencha os campos com suas informações, incluindo nome, CPF, data de nascimento e nome da mãe. Em seguida, marque a opção Não sou um robô e clique em Continuar.

contestar

3: Para receber o código de verificação e acessar a plataforma, preencha o número do seu celular, informe a operadora e clique em Continuar.

4: Após inserir o código de verificação, informe a sua renda mensal e a atividade que você exerce e, então, clique em Continuar. Caso não encontre a sua atividade profissional, marque a opção Outros.

contestar

5: Em seguida, informe o seu endereço completo e clique em Continuar.

6: Na próxima tela, informe o grau de parentesco das pessoas que moram na sua residência e clique em Continuar.

7: Confira se todos os dados preenchidos estão corretos e, então, clique em Concluir sua solicitação.

8: Pronto, sua contestação foi enviada para análise da Dataprev. Agora é só ficar de olho no resultado. Para saber como acompanhar o resultado, clique aqui.

contestar