Reconta Aí – Atualiza Aí 36º Conecef: Pauta de reivindicações dos empregados da Caixa é definida neste sábado (11)

36º Conecef: Pauta de reivindicações dos empregados da Caixa é definida neste sábado (11)

O 36º Congresso Nacional dos Empregados da Caixa Econômica Federal (Conecef) definiu, neste sábado (11), a pauta de reivindicações e estratégias de luta para a Campanha Nacional 2020. Os 265 delegados e delegadas participaram do Congresso, realizado por videoconferência.

Com a mensagem “A distância não nos limita”, a edição de 2020 contou com painéis que debateram a defesa da democracia, das empresas públicas, Bancos Públicos, Caixa 100% Pública, saúde e direitos.

“Estamos num ano em que precisaremos de muita luta e muita resistência. Por isso, a nossa pauta de reivindicações foi preparada visando a manutenção dos nossos direitos e o avanço contra aqueles que querem acabar com o patrimônio nacional”, disse o coordenador da Comissão Executiva dos Empregados da Caixa (CEE/Caixa), Dionísio Reis. “O Congresso não é um fim. É um começo, é um meio e temos uma finalidade: que é a vitória”, disse.

Fabiana Uehara Proscholdt, secretária da Cultura e representante da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) nas negociações com o banco, destacou que é preciso dar ampla divulgação para a pauta de reivindicações para que os empregados do Banco Público a incorpore.

“Mobilização e unidade são os caminhos para defender a Caixa 100% Pública e consequentemente todos os nossos direitos. É com a mobilização e a unidade de todos os trabalhadores da Caixa é que vamos defender a Caixa 100% Pública e defender nossos direitos e avançar”.

A pauta de reivindicações foi aprovada em cima de três eixos: Defesa da Vida (democracia; empresas públicas; Bancos Públicos; defesa da Caixa 100% Pública); Saúde (saúde e condições de trabalho; Saúde Caixa; Funcef) e Direitos (CCT e ACT; Contratações).