Reconta Aí – Atualiza Aí MP que criou o 13º do Bolsa Família deu um “abono” que só vale em 2019, diz Tereza Campello

MP que criou o 13º do Bolsa Família deu um “abono” que só vale em 2019, diz Tereza Campello

A injeção de recursos na economia com a antecipação de saques das contas ativas e inativas do FGTS e o pagamento do 13º para os beneficiários do programa Bolsa Família têm sido destaque na imprensa nos últimos dias.

De um lado, o governo comemora um “Natal melhor” para o comércio com esses recursos. Do outro, a ex-ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Tereza Campello, criticou – em um post feito em sua página no Facebook – o 13º do Bolsa Família.


Segundo ela, a MP não criou o 13º do Bolsa Família. Deu um “abono” que será pago somente em 2019. “Ou seja, veio com um ano de atraso e não cumpriu a promessa”.

“Jair Bolsonaro anunciou a medida provisória, segundo ele, “que cria o 13° do Bolsa Família, que será pago [a] partir deste ano, com recursos oriundos do combate às fraudes no programa”, diz.

Tereza alerta para o fato de que o abono só está garantido para o ano de 2019, não previsto no orçamento do ano que vem. E que esse dinheiro vem às custas de 700 mil famílias que esperam para entrar o programa e deveriam ser priorizadas em um momento de crise.