Pular para o conteúdo principal

ATENÇÃO! Golpe no WhatsApp promete Auxílio Brasil de R$ 237 por mês

Imagem
Arquivo de Imagem
whatsapp

Golpistas estão usando o nome do programa Auxílio Brasil para roubar dados das pessoas através de aplicativo de mensagem. Recebemos denúncias no WhatsApp do Reconta Aí de pessoas que tiveram acesso a uma mensagem prometendo um pagamento de R$ 217 mensais. Para isso, seria necessário acessar o link e realizar a solicitação para participar do programa.

O Auxílio Brasil foi criado para substituir o Bolsa Família, mas está repleto de falhas. O que se sabe até agora é que ele tem data para acabar: 31 de dezembro de 2022. Segundo o Ministério da Cidadania, as famílias que receberam o Bolsa Família no mês de outubro de 2021 foram incluídas automaticamente no Auxílio Brasil em novembro, sem a exigência de recadastramento. Além disso, o benefício básico teve um reajuste médio de 17,84% alterando o valor médio para R$ 217,18 mensais.

A mensagem que está circulando pelo aplicativo de mensagem diz que o Governo Federal está liberando o pagamento do Auxílio Brasil para famílias de baixa renda devido ao aumento da inflação. O texto diz ainda que, além das pessoas de baixa renda, têm direito ao benefício os aposentados, beneficiários do Bolsa Família e também do auxílio emergencial.

No entanto, pelo próprio WhatsApp já dá para ver que se trata de um golpe, pois sites do Governo Federal sempre terão no link a informação ".gov.br." no final. O link da mensagem do golpe finaliza com "?gov.br" e isso não é um site oficial.

Como funciona o golpe?

Ao clicar no link, o usuário é direcionado a uma página na internet. Para enganar as pessoas que estão acessando o site, os golpistas usam a logomarca do Ministério da Cidadania e do Governo Federal. Eles ainda deixam registrado no final na página o nome "Governo Federal". Só que neste caso, a logomarca usada para o Auxílio Brasil não é a oficial.

Os golpistas fazem algumas perguntas para o usuário responder e se cadastrar no falso programa. É preciso selecionar o estado onde mora, a cidade e digitar o nome completo. Depois é só clicar em cadastrar.

Ao preencher informações pessoais o cidadão acaba abrindo uma porta para que os seus dados sejam usados na aplicação de outros golpes como, por exemplo, empréstimos bancários e cartão de crédito. Além disso, informar o local onde mora pode atrair para sua casa bandidos que vão praticar outros crimes, como roubo e sequestro, por exemplo.

LEIA TAMBÉM:
- Auxílio Emergencial: 625 mil pessoas vão receber SMS para devolver o pagamento
- 13º salário: Pagamento da 1ª parcela aos trabalhadores deve ser feito ainda hoje (30)
- Imposto de Renda: Receita paga hoje (30) restituições de lote residual de novembro

Não caia em golpes pelo WhatsApp

Muitas vezes a mensagem de golpe é enviada por pessoas conhecidas e até mesmo parentes. Dessa forma, as informações são compartilhadas sem ter sido pesquisado se aquilo é mesmo verdade ou não.

Para não ser surpreendido com esses golpes, o ideal é sempre pesquisar na internet se aquela informação é verdadeira e nunca preencher questionários que solicitam dados pessoais.

Atenção! Sempre desconfie de promessas fáceis.