Pular para o conteúdo principal

7 de Setembro: bolsonaristas lamentam e democratas afirmam que "flopou"

Imagem
Arquivo de Imagem
bolsonaro protesto 7 de setembro

Foto: Felipe Campos Melo/Fotos Públicas

Apesar de convocada há pelo menos dois meses, a manifestação em apoio a Bolsonaro no dia 7 de setembro, em Brasília, não trouxe os frutos desejados pela sua base. Nos grupos mais radicais de WhatsApp e Telegram, apoiadores do presidente estão se queixando sobre o baixo número de militantes nos atos e na falta de iniciativa do presidente para destituir ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), fechar o Congresso Nacional e dar um golpe de Estado.

Embora não haja estimativa oficial do número de participantes do evento em Brasília, foi possível ver que a Esplanada dos Ministérios não estava tão cheia quanto em grandes atos anteriores. Além disso, o Valor Econômico publicou uma reportagem apontando que a manifestação na capital do País teve apenas 5% do número de pessoas esperadas, o que equivaleria a 150 mil pessoas.

VEJA TAMBÉM:
- Caravanas: quanto custa enviar um ônibus de São Paulo até Brasília para manifestações?
- Fux sobre manifestações: "Práticas antidemocráticas, ilícitas e intoleráveis"
- O que muda com os atos de 7 de Setembro?

Bolsonaristas esperavam que o presidente desse o golpe

De acordo com prints de grupos de mensagem bolsonaristas selecionados pelo perfil @printsminions, havia uma grande expectativa de ruptura da democracia para o dia a 7 de setembro.

Contudo, de acordo com a linha de pensamento distribuída nos grupos, hoje (8) seria o dia em que realmente as ações mais contundentes ocorreriam, como a criação de uma CPI contra os ministros do STF.

Contudo, com o passar desta quarta-feira, a história começou a se modificar. E certos adeptos começaram a duvidar da veracidade do golpe.

Entretanto alguns "patriotas" seguem acreditando na cantilena dos que acreditam em QAnon entre outras teorias da conspiração.

As avaliações nas redes do campo democrático

Já entre as pessoas contra o presidente e a favor da democracia, houve uma comemoração nas redes sociais afirmando que a manifestação ocorrida ontem (7), "flopou" - fracassou - e que foi mais uma micareta dos bolsonaristas.

Até políticos renomados, que ocupam cargos na Câmara dos Deputados e no Senado Federal, aderiram à gíria para analisar as manifestações.

De acordo com o analista Pedro Barciela, menos de 18% dos usuários que citaram as manifestações ou Bolsonaro, hoje, o fizeram positivamente. Ainda segundo ele, "fato é que o bolsonarismo, nas redes, definitivamente não conseguiu entregar o que queria. Flopou". Os gráficos e interações utilizados pelo analista estão disponíveis por meio dos tweets de sua própria conta.