Pagamento das restituições será dia 29 de maio. Receita pagará R$ 2 bilhões, beneficiando mais de 901 mil contribuintes.

Siga a página do Reconta Aí no Instagram.
Siga a página do Reconta Aí no Facebook.
Adicione o WhatsApp do Reconta Aí para receber nossas informações.

A Receita Federal liberou hoje (22) a consulta ao primeiro lote de restituições do Imposto de Renda de Pessoa Física 2020. Serão 901 mil contribuintes beneficiados com o crédito em conta bancária, no dia 29 de maio. O valor total pago pela Receita será R$ 2 bilhões.

O contribuinte pode consultar a sua situação pelo o site da Receita (acesse aqui) ou pelo telefone 146. O órgão disponibiliza, ainda, um aplicativo para tablets e smartphones, tanto para consultar as informações sobre a restituição do IR quanto a situação cadastral no CPF.

Esse primeiro lote de restituição contemplará contribuintes que têm prioridade legal no recebimento das restituições, de acordo com a Receita. Dessa forma, são 133.171 idosos acima de 80 anos, 710.275 contribuintes entre 60 e 79 anos e 57.631 contribuintes com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave.

Leia também:
– MEI: Saiba como fica o seu auxílio emergencial
– Auxílio emergencial: Como gerar o cartão de débito virtual para compras em supermercados
– Atenção! Saiu o calendário de pagamento da segunda parcela do auxílio emergencial

A Receita sempre começou a pagar as restituições no mês de junho. Mas em 2020 foi antecipado para maio, mesmo antes do fim do prazo de entrega do Imposto de Renda, que foi estendido para 30 de junho. Além disso, o pagamento da restituição será sempre no último dia útil do mês.

Outra novidade este ano é a redução do número de lotes de 7 para 5. Dessa forma, o pagamento das restituições irá até o mês de setembro.