Evento acontece entre os dias 22 e 31 de maio e incluem lives, vídeos e postagens em redes

A Bienal Mineira do livro na Sua Casa pode ser acessada de qualquer lugar do mundo.

As redes sociais têm sido fundamentais durante a pandemia. Seja para informar, seja para viver momentos de lazer na casa de cada um. Nesse sentido, a Bienal Mineira do Livro resolveu se apropriar das ferramentas e realizar a sua segunda edição.

A primeira edição ocorreu entre 22 e 30 de abril desse mesmo ano. Para tanto, contou – e ainda conta – com o apoio da Secretaria de Estado da Cultura e Turismo de Minas Gerais (Secult).

As atividades incluem lives, vídeos e postagens em redes. E funcionam como um incentivo para que os participantes leiam e adquiram livros nas livrarias. Mesmo que durante a pandemia só possam comprar online.

De acordo com os realizadores do evento, a ideia é de que ele seja permanente durante o isolamento social. E que, nesse sentido, sirva de fomento ao setor englobando editoras, autores e leitores.

Bienal Mineira para o mundo

Leitoras e leitores de todo o mundo poderão acompanhar pelo canal de Youtube da Bienal conversas e debates todas em “mineirês”, um dos sotaques mais queridos do País.

Além do Youtube, a bienal também conta com canais no Facebook, no Instagram e no Twitter. A ideia é chegar a um público maior, cujos interesses em literatura sejam os mais diversos possíveis.

Dicas de leituras, jovens autores, além de outros temas estarão disponíveis. Toda essa agitação promete ser um aquecimento para a Bienal Mineira do Livro presencial, que ocorrerá em Belo Horizonte, entre os dias 18 a 27 de setembro de 2020.