Espetáculos do Cena Criança fazem uso de projeção digital em teatro, buscando uma relação constante e orgânica entre imagem, ator e plateia

Cena Criança
Foto: Max Reinert / cena do espetáculo #Mergulho

As férias estão chegando ao fim, mas ainda dá tempo de aproveitar a programação do Cena Criança, com o grupo catarinense Eranos Círculo de Arte. Os espetáculos acontecem no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) de Belo Horizonte até dia 27 de janeiro.

A programação conta com os inéditos “O Barquinho Amarelo”, para crianças a partir de 1 ano, e “Pô! Ema”, para os pequenos em fase de alfabetização. O conhecido “#Mergulho”, voltado para crianças de 1 a 6 anos, também não fica de fora do Cena Criança.

As apresentações usam projeção digital para uma relação constante e orgânica entre imagem, ator e plateia. “Compreender as possibilidades que os recursos multimídia podem trazer na construção de experiências artísticas com crianças pequenas é parte de um processo de entendimento sobre a própria contemporaneidade”, explica a atriz e psicóloga Sandra Coelho, fundadora do grupo.

Para Leandro Maman, ator e cofundador do grupo, envolver a criança desde cedo como espectador ativo das obras é um conceito defendido pelo grupo. “Nossos espetáculos têm uma linguagem construída com base em estudos psicológicos. Convidamos as crianças para participarem durante o trabalho”, conta.

Serviço:
Cena Criança
Horários: sessões às 15h e às 17h
Duração: 35 minutos
Classificação: livre para todos os públicos
Ingressos: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia-entrada)
Local: CCBB BH – Teatro II – Sala Multiuso
Informações: (31) 3431-9503