A comissão mista do Congresso que analisa a Medida Provisória (MP) – que cria o saque-aniversário do FGTSaprovou nesta terça-feira (05) parecer que modifica a proposta para diminuir os repasses pela Caixa Federal, gestora do fundo.


O parecer foi feito pelo deputado Hugo Moura (PRB-PB) e a diminuição será da ordem de R$ 2,7 bilhões por ano. O texto acaba ainda com os 10% adicionais da multa para demissões sem justa causa, percentual que vai para o governo.

O texto agora vai à votação no plenário da Câmara dos Deputados e depois passará pelo Senado.

Além disso, uma nova proposta de contratação que será lançada pelo governo deve prever uma multa menor sobre o FGTS para o trabalhador, em caso de demissão sem justa causa. Segundo informações apuradas pelo Estadão, ela deve cair de 40% para 20% nos contratos do Trabalho Verde e Amarelo, como vêm sendo chamados.