A Caixa anunciou na última segunda, 5, que quem possuir conta-poupança no banco receberá automaticamente o crédito relativo às contas ativas e inativas do FGTS.

Quem não quiser receber o dinheiro, deve solicitar à instituição o desfazimento da operação. Isso pode ser feito por meio do aplicativo (disponível para Android e iOS), por meio do fgts.caixa.gov.br ou pelo internet banking.

Entenda também as regras para adesão ao Saque-Aniversário do FGTS.

Confira o passo a passo para quem não deseja o crédito automático em conta.

Passo 1.

Acesse este site com os números de RG e CPF em mãos. Coloque o seu CPF, a data de nascimento, marque a caixa de seleção “Não sou um robô” e clique em “Continuar”.

Passo 2.

Digite a sua senha internet e clique em “Continuar”. Caso tenha esquecido ou ainda não possua senha, clique em “Cadastrar ou esqueceu a Senha?”, e na próxima tela informar todos os seus dados, como o nome completo, data de nascimento, nome da mãe e do pai, número de RG e CPF. Depois, crie uma senha com 8 dígitos, composta de letras e números.


Passo 3.

Insira o número do seu celular com DDD, marque “Li e concordei com os termos e condições do serviço e desejo receber alertas eletrônicos com informações de minhas contas vinculadas FGTS.” e clique em continuar.

Passo 4.

Na próxima tela, você vai conseguir visualizar o valor disponível em contas FGTS. Para solicitar o desfazimento do crédito automático em conta do FGTS, clique em “Continuar”.

Passo 5.

Marque logo abaixo o desfazimento do crédito automático em conta do FGTS.

Então, basta não realizar o saque na data prevista, o dinheiro continuará na sua conta do FGTS e, de acordo com a Caixa, você não terá nenhum tipo de custo ou prejuízo pelo desfazimento.

Veja as regras que a Caixa publicou no Diário Oficial da União (DOU), na quinta-feira (8).