Na semana passada, o governo anunciou medidas para liberação de fundos de contas ativas e inativas do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). Chamada de $aque Certo, a ação permite que apenas R$ 500 sejam resgatados por trabalhadores que tiverem dinheiro em conta.

O economista Sérgio Mendonça explica, no vídeo abaixo, como funciona o saque do FGTS e a medida chamada de saque-aniversário, também anunciada pela equipe econômica do governo. Para ele, a medida é emergencial e gerará um pequeno impacto na economia. Ele afirma que terá efeito positivo para o trabalhador que está endividado, pois usará o dinheiro para pagar dívidas – o que significa que o dinheiro não será, em partes, para movimentar a economia.

Sergio explica porém que, a longo prazo, os saques podem causar descapitalização do FGTS, que é usado para financiar a construção de moradias populares e obras de saneamento e infraestrutura.

No dia 5 de agosto, a direção da Caixa Econômica, que opera o Fundo, deve liberar o calendário de saques e mais informações sobre como receber.

No vídeo abaixo, explicamos o impacto desta liberação do FGTS para a nossa economia. Assista!