Na semana de 15 de julho, o ministro Paulo Guedes colocou no debate público, em entrevista para a GloboNews, a ideia de que várias estatais brasileiras serão privatizadas. Além das já anunciadas, como Correios e Eletrobras, o ministro disse que o governo deve privatizar, inclusive, empresas que a população nem imagina.


No vídeo abaixo, o economista Sergio Mendonça comenta essa afirmação e explica a importância dessas instituições para o desenvolvimento social e econômico do país. Ele diz que foi construída no imaginário popular uma ideia equivocada de que só existe eficiência no setor privado.


“O ministro Guedes tem usado a ideia de que as estatais são ineficientes, de que a corrupção passa por lá. E essa ideia vem sendo disseminada há muitos anos e ganhou a opinião pública. É uma ideia muito simplória de quem não conhece a história econômica do mundo. A corrupção existe em todos os lugares, existe nas grandes empresas. Até porque, muitas vezes, quando os agentes públicos são corrompidos, quem corrompe são os agentes privados” declara.


Para ele, a discussão das privatizações colocada pelo governo tem viés econômico e político, mas também um tanto de ideologia. Assista: