Privatizar é mesmo o melhor negócio? A experiência nos mostra que não, já que o setor de telefonia (privatizado na época do governo FHC) é campeão de reclamações do consumidor.

Isso fica evidente também quando o assunto são os bancos. No ranking de reclamações feito pelo Banco Central, os bancos públicos (Caixa e Banco do Brasil) ocupam posições inferiores ao PAN, Santander e Bradesco (instituições privadas). As informações são referentes ao segundo trimestre de 2019 e aos bancos com mais de quatro milhões de clientes.

Pan, Bradesco e Santander ocupam as primeiras posições no ranking de reclamação de clientes


O Bradesco registrou um índice de 24,50 e, o Santander, de 23,75. Os dois principais bancos públicos do país – a Caixa e o BB – vêm depois, com 20,71 pontos e 20,63 pontos, respectivamente.

O índice de reclamação é calculado pelo BC levando em consideração a quantidade de reclamações procedentes recebidas por cada instituição em proporção à sua quantidade de clientes (o número de reclamações é multiplicado por 1.000.000 e dividido pelo total de clientes).

Vale ressaltar que a Caixa tem sido vítima de sucessivas tentativas de desmonte orquestradas pelo governo federal e endossadas pela atual administração. Em 2014, a instituição contava com 101 mil empregados e perdeu mais de 15 mil funcionários em apenas cinco anos. Isso, evidentemente, gera uma piora no atendimento prestado ao público e reflete nos índices de reclamações.