A direção da Caixa anunciou, no último dia 12 de junho, que irá iniciar a devolução dos Instrumentos Híbridos de Capital e Dívida (IHCD) para o Tesouro Nacional. Até o final do ano, segundo a Caixa, serão devolvidos ao governo R$ 20 bilhões de um total acumulado de R$ 43 bilhões. O anúncio foi feito, em tom político, pelo ministro da Economia Paulo Guedes e pelo presidente da Caixa Pedro Guimarães. Guedes fez questão de associar isso às “pedaladas” que resultaram no impeachment da presidenta Dilma Rousseff, apesar de o Ministério Público não ter indicado qualquer crime nas tais “pedaladas”. Rita Serrano, conselheira eleita do Conselho de Administração da Caixa, explica o que significa IHCD e seu impacto no banco e na sociedade. “O momento de devolução dos valores aportados fica a critério de quem o recebe”, ou seja, o banco, explica Rita. Ouça.

Rita Serrano explica as IHCD