Quanto mais clientes e menos empregados, maior o lucro dos bancos. Essa conta vale a pena? Nos últimos anos o lucro da Caixa aumentou, mas isso não refletiu em nada na melhoria das condições de trabalho dos bancários! Muito pelo contrário. Segundo a Pesquisa Saúde do Trabalhador da Caixa, encomendada pela Fenae em 2018, 1 em cada 3 empregados Caixa teve problemas de saúde em decorrência do trabalho.

Após os programas de desligamento voluntário em 2018, o PDE e PDVE, a diminuição do número de empregados ficou latente, acrescendo enormemente as responsabilidades e carga de trabalho aos que ficaram.

Durante o mesmo período o banco e o número de correntistas cresceu enormemente, chegando ao grande número de 93 milhões – fora os atendimentos aos cidadãos sujeitos de direitos, aqueles que têm seus benefícios sociais geridos e pagos pela Caixa.

FortaleceAí O aumento do número de empregados é urgente. É preciso respeitar a população, melhorar o atendimento dedicando mais pessoas para o atendimento e gestão para que a Caixa continue sendo o Banco Público dos brasileiros.