Pular para o conteúdo principal

161 anos da Caixa: Fenae e entidades lançam site em defesa do Banco Público

Imagem
Arquivo de Imagem
Empregados da Caixa

Por: Fenae

O sonho da casa própria, o diploma universitário, saneamento básico, a proteção ao trabalhador do Fundo de Garantia Por Tempo de Serviço (FGTS) e o apoio para quem mais precisou na pandemia de Covid-19. Há 161 anos, a Caixa tem sido fundamental para os brasileiros, seja na sua atuação econômica, política ou social.

No próximo dia 12 de janeiro, a Caixa comemora mais um aniversário, e para celebrar, a Federação Nacional das Associações da Caixa Econômica Federal (Fenae) lançou nesta quarta-feira (5), o site "O Elemento X", em defesa da Caixa, dos bancários e do Brasil. O novo site apresenta para a sociedade a importância da Caixa e chama a atenção para os riscos da privatização de áreas estratégicas do banco público.

Para defender um país inclusivo e com justiça social, onde todos tenham acesso a políticas públicas que contemplem acesso à habitação, saúde, educação, emprego e renda, 24 entidades representativas se uniram para apoiar O Elemento X. O site conta também com uma área de download gratuitos de peças da campanha.

Segundo o presidente da Fenae, Sergio Takemoto, a base da Caixa é o banco social, que operacionaliza políticas públicas fundamentais para a inclusão social e a cidadania. "A Caixa tem resistido ao longo de 161 anos aos diversos ataques e se manteve 100% pública, aperfeiçoando seu papel de banco social. O Elemento X é mais uma campanha da Fenae, com o apoio das entidades representativas dos bancários, para mostrar a importância da Caixa para os brasileiros e para o Brasil", afirmou Takemoto.

Foi por meio da força motriz da Caixa, os empregados, que o banco tem conseguido garantir a efetividade das políticas públicas de educação, saneamento, agricultura, moradia e sustentabilidade.

"A valorização dos empregados passa pela defesa da Caixa 100% pública e voltada para o desenvolvimento econômico e social do país. Foram os trabalhadores da Caixa que atenderem os milhares de brasileiros em busca dos benefícios emergência por conta da pandemia e vemos nitidamente a vontade desse governo em desvalorizar os trabalhadores e esvaziar a Caixa", reafirmou Takemoto.   

Números da Caixa

Defender a Caixa é lutar por um Brasil melhor para todos. Essencial para o desenvolvimento do país, com políticas de geração de emprego e renda, o banco tem sido fundamental em momentos de crise como aconteceu em 2008 e agora com a pandemia de covid-19.

- 84,7 mil empregados em todo o Brasil.
- Mais de 145 milhões de correntistas e poupadores.
- 53,8 mil pontos de atendimento.
- 4,3 mil agências e pontos de atendimento.
- 109 milhões de contas poupanças.
(Fonte: Relatório de Análise de Desempenho 3º trimestre 21 da Caixa)